Primeiro Boeing 767 cargueiro da Air Canada entra em serviço

Guilherme Dotto
Imagem: Air Canada

O primeiro Boeing 767-300ER cargueiro da Air Canada, maior companhia aérea do Canada, entrou em operação na última quinta-feira (09), e operou seu voo inaugural de Toronto a Vancouver.

Devido a sua ampla capacidade e uma maior necessidade, a divisão cargueira da companhia adiantou sua conversão e sua entrada em operação, que anteriormente estava programada para Frankfurt.

Continua após a publicidade

O C-FPCA, primeiro 767-300ER a ser convertido em cargueiro, possui 32,7 anos de idade, e voa pela Air Canada desde 2001. Durante a pandemia, a aeronave foi estocada, e passando quase 1 ano nos Estados Unidos.

“Nosso primeiro cargueiro está sendo implantado antes do planejado inicialmente, a fim de fornecer capacidade de carga adicional necessária dentro e fora de Vancouver para atender a demanda contínua como resultado da inundação que interrompeu a rede de transporte da Colúmbia Britânica. O cargueiro está planejado para operar 12 viagens entre nossos centros de carga em Toronto e Vancouver. Nossas equipes também trabalharam muito nos últimos dias para colocar nosso cargueiro em operação com antecedência e ajudar no transporte de mercadorias para Vancouver.”

disse Jason Berry, vice-presidente de carga da Air Canada.
Foto: Yiran © Planespotters.net

Além dos voos para Vancouver, o primeiro cargueiro está planejado para operar entre Toronto e Frankfurt até o final de 2021. No próximo ano, também atenderá Miami, Quito, Lima, Cidade do México e Guadalajara, com aeroportos adicionais, incluindo Madrid, Halifax e St. John’s, planejados para quando a segunda aeronave for entregue no primeiro semestre de 2022.

Os cargueiros Boeing 767-300ER permitirão à Air Canada Cargo oferecer cinco configurações diferentes de convés principal, aumentando a capacidade geral de carga de cada aeronave para quase 58 toneladas ou 438 metros cúbicos, com aproximadamente 75 por cento dessa capacidade no convés principal.

Com a adição de aeronaves de carga à frota, será possível que a Air Canada Cargo forneça capacidade consistente nas principais rotas de carga aérea, o que facilitará a movimentação de mercadorias em todo o mundo. 

Os cargueiros permitirão que a divisão cargueira da companhia aumente sua capacidade de transporte de mercadorias, como peças automotivas e aeroespaciais, equipamentos de petróleo e gás, produtos farmacêuticos e perecíveis, bem como lidar com a crescente demanda por remessas rápidas e confiáveis ​​de produtos de comércio eletrônico.

Dada a demanda imediata por capacidade de carga, o primeiro cargueiro entrou em serviço sem sua pintura final. Em uma data posterior, será pintado em uma variação da Air Canada Cargo da pintura introduzida em 2017.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário