Itapemirim inicia operações em Congonhas

Guilherme Dotto

Na manhã desta terça-feira (16), a Itapemirim Transportes Aéreos, recém chegada no mercado, iniciou suas operações no Aeroporto de Congonhas (CGH), localizado no coração da cidade de São Paulo.

O voo 8I9990, operado pelo PS-ITA, o quarto Airbus A320 a entrar na malha da empresa, decolou às 07h14 do Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU), o mais movimentado do Brasil, rumo a Congonhas, voo que teve duração de 23 minutos.

Continua após a publicidade

Após o pouso na pista 17R, a aeronave foi recebida com o tradicional batismo, realizado pela equipe de bombeiros do aeroporto, marcando o primeiro pouso da Itapemirim no aeroporto.

No Aeroporto Deputado Freitas Nobre, ou simplesmente Aeroporto de Congonhas, balões nas cores da companhia decoravam o portão de embarque. Além disso, os executivos da companhia que também estavam presentes realizaram o corte da faixa amarela, comemorando o início da ITA em mais um aeroporto.

Após aproximadamente 45 minutos em solo paulistano, o A320 com seu tradicional “amarelo Itapemirim”, decolou rumo ao Aeroporto Internacional do Galeão (GIG). O voo 8I5610 foi cumprido em aproximadamente 40 minutos, com pouso o aeroporto carioca às 09h00.

Itapemirim em Congonhas

A Itapemirim irá operar 12 slots diários (seis pousos e seis decolagens). Neste primeiro momento, apenas um voo de ida e volta estará disponível para venda. Os demais trechos, horários e início das operações serão divulgados nas próximas semanas.

O voo 8I5610 decola de Congonhas às 7h, com chegada prevista no aeroporto do Galeão às 8h. No retorno, o voo 8I5657 parte do Rio de Janeiro às 20h, com pouso previsto em Congonhas às 21h. A operação será realizada com aeronaves Airbus A320, com capacidade para transportar até 162 passageiros.

“A entrada em Congonhas marca a consolidação da ITA no mercado nacional, oferecendo um serviço diferenciado aos passageiros. Vamos começar com 12 slots, mas temos planos de ampliar nossas operações nas próximas temporadas. Ter voos em Congonhas de forma sustentável mostra a capacidade operacional da ITA, que já conta com uma operação robusta nos 13 destinos em que opera.”

afirma o diretor-executivo da ITA, Adalberto Bogsan.
Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário