Último dia de operações da Alitalia

Guilherme Dotto

Nesta quinta-feira, 15 de outubro de 2021, a Alitalia, a maior e a principal companhia aérea da Itália, realizará seu último voo, após 75 anos de operações e muitas histórias.

O voo AZ1586, que liga Cagliari (CAG), na Sardenha a Roma (FCO) e está sendo operado pelo pelo Airbus A320-216 de matrícula EI-DSV, encerrará as operações da companhia. A aeronave está em voo, acompanhe em tempo real pelo FlightRadar24, clicando aqui.

Continua após a publicidade

A partir de sexta-feira (15), a ITA, Italia Trasporto Aereo, passará a ser a nova companhia aérea estatal do país, tendo como principal objetivo ser uma companhia aérea eficiente, inovadora e competitiva. Para o recomeço, a empresa terá uma frota totalmente de jatos Airbus.

O voo inaugural da ITA está marcado para às 06:20 e ligará o Aeroporto de Milão-Linate (LIN) a Bari (BRI). O mesmo também será operado pelo Airbus A320. O código “AZ”, usado na Alitalia, também será mantido pela nova empresa.

Controlada totalmente pelo governo italiano, a ITA surgiu após um acordo entre a Itália e o poder Executivo da União Europeia, buscando a total “descontinuidade econômica” em relação à Alitalia.

A nova companhia terá uma frota de 52 aviões, número que será aumentado para 78 em 2022 e ainda mais até o fim de 2025 podendo chegar a 105. Os aeroportos de Fiumicino (FCO) e Linate (LIN) serão usados como centros de conexões da companhia. De início, a empresa atenderá a 45 destinos.

“Hoje não é um dia de funeral, mas sim o início de uma resistência. Não vamos nos resignar, e a ITA não pode ser o futuro do transporte aéreo na Itália. 8 mil pessoas não sabem como será seu futuro, foram abandonadas pelo governo e pela política.”

disse Francesco Staccioli, líder de um sindicato de assistentes de voo, durante uma manifestação em Fiumicino.

Ao longo de sua trajetória, a Alitalia passou por situações complicadas, sobrevivendo graças a empréstimos públicos que totalizaram 1,3 bilhão de euros, todos eles feitos entre 2017 e o fim de 2019.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário