Mudanças na direção executiva da Amaro Aviation

Guilherme Dotto
Últimos posts por Guilherme Dotto (exibir todos)
Foto: Amaro Aviation

Na última terça-feira (5), a Amaro Aviation, empresa privada de aviação executiva, anunciou importantes mudanças na direção. O comandante Francisco Lyra, sócio da empresa, assume o cargo de Presidente e CEO em substituição ao comandante David Barioni, que passa a responder pela área de segurança operacional e corporativa.

A mudança, que já foi efetivada, reflete um novo momento da companhia, que recentemente recebeu e colocou em operação as duas primeiras aeronaves.

Continua após a publicidade

“Nossa  prioridade é a segurança e, por essa razão, decidimos alocar nosso melhor recurso humano para cuidar exclusivamente disso. O comandante Barioni é a pessoa ideal para assumir em tempo integral a gestão da segurança, com foco na área operacional. Ele acumula décadas de experiência como piloto, gestor e agora é responsável direto pela segurança, tanto em voo quanto em solo.”

disse Marcos Amaro, fundador e chairman da Amaro Aviation

Francisco Lyra possui mais de 45 anos de aviação, e é também Chief Executive Officer (CEO) e sócio da C_FLY Aviation,  e CEO do GATGRU, terminal de aviação geral do Aeroporto Internacional de Guarulhos. O comandante Lyra traz no currículo o fato de ser também um dos fundadores do Aeroporto Executivo Internacional São Paulo Catarina.

Para Amaro, as novas mudanças refletem o desenvolvimento natural do negócio. “De uma empresa em formação, com cunho de “startup”, agora passamos para uma nova fase: a chegada e entrada em operação de nossas primeiras aeronaves exige um nível de dedicação intenso e constante.”

Foto: Amaro Aviation

Agora na supervisão de todos os aspectos relativos à segurança da Amaro Aviation, onde é sócio, o comandante David Barioni, que por sua vez é um veterano da aviação e referência no assunto tanto no Brasil quanto no exterior, foi fundador e vice-presidente da GOL e presidente da TAM nos anos 2000, tendo depois presidido a ApexBrasil e a SPTuris.

Apesar de ter chegado ao mercado há um ano, a Amaro Aviation já conta com duas aeronaves em operação. A primeira é o jato suíço Pilatus PC-24, projetado para operar em pistas curtas e até mesmo sem pavimentação. O segundo é um Gulfstream G550, aeronave com capacidade para até dezenove ocupantes, projetada para etapas ultralongas, como São Paulo – Moscou sem escalas. Até o final do ano, a terceira aeronave, um Pilatus PC-12 NGX, chega para reforçar a frota.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário