GOL recebe segundo 737 MAX que voaria na JetAirways

Guilherme Dotto
Últimos posts por Guilherme Dotto (exibir todos)

Na manhã desta sexta-feira (15), a GOL Linhas Aéreas está recebendo a segunda unidade do 737 MAX 8 que voaria pela extinta JetAirways, companhia aérea da Índia que encerrou suas operações em abril de 2019. A empresa era a segunda maior do país, tanto na fatia de mercado quanto no número de passageiros transportados, ficando atrás somente da IndiGo.

O 737 MAX de matrícula N536RL, que pertence à empresa irlandesa de leasing GECAS, já se encontra em voo para o Aeroporto Internacional de Confins (CNF), tendo decolado da Cidade do Panamá (PTY), onde pernoitou por três dias. A rota entre Seattle (BFI) e a capital panamenha teve duração de aproximadamente 07h10.

Continua após a publicidade

No Brasil, a aeronave voará com a matrícula PS-GPC, sendo a segunda aeronave da GOL a usar o prefixo PS. O jato de 2.9 anos possui uma configuração interna diferente dos demais 737 MAX 8 da companhia brasileira, tendo ao todo 174 assentos, sendo 12 em classe executiva e 162 assentos em classe econômica.

A mais nova aeronave da GOL ainda se encontra nas cores da companhia indiana, devendo ser repintada com suas novas cores no hangar de manutenções em Confins.

Em novembro de 2015, durante o Dubai Airshow, a JetAirways anunciou um pedido de 75 aviões 737 MAX 8, encomenda que incluía conversões de 25 Boeing 737 Next-Generation para Boeing 737 MAX 8, bem como de 50 aeronaves adicionais do bimotor 737 MAX.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário