Essas são as únicas companhias a voarem para o Afeganistão

Foto por Getty Images ©.

Após a tomada de poder pelo grupo terrorista Talibã, movimentou-se no Afeganistão uma extensa e complexa operação de retirada de diplomatas, soldados, cidadãos afegãos e aliados que contribuíram com os Estados Unidos ao logo dos últimos 20 anos de ocupação.

O país, localizado na ásia meridional, vive uma difícil situação, que levou a completa retirada das tropas americanas no último dia 31 de agosto de 2021. Com isso, após a realização dos voos de evacuação no mês passado, gradatiavente as operações estão sendo retomadas a partir do Aeroporto Hamid Karzai (KBL), localizado na capital Cabul.

Continua após a publicidade

Até o presente momento, apenas três companhias aéreas realizaram operações no aeroporto, que foi seriamente danificado durante a evacuação caótica de milhares de cidadãos que invadiam o aeroporto na tentativa de sair do país. A Qatar Airways, a paquistanesa PIA e a iraniana Mahan Air são as únicas a voarem para o Afeganistão.

Foto por Getty Images ©.

Sendo a primeira companhia a retomar as ligações com o país após a tomada de poder do Talibã, a Qatar Airways aterrissou em Cabul com um de seus jatos Boeing 777-300 no último dia 10 de setembro. Três dias depois foi a vez da Pakistan Iternational Airlines (PIA) aterrissar no Afeganistão utilizando um 777-200.

Ontem, dia 15 de setembro, a iraniana Mahan Air chegou à capital afegã com um de seus jatos Airbus A310, sendo essa a terceira companhia a realizar voos no país. Apesar disso, as operações realizadas até o momento pelas três empresas são pontuais, não havendo a previsão de retorno dos voos regulares para o país.

Foto por Karim Sahib ©
Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário