No mês de julho, GOL prevê operar 481 voos diários

Mês a mês, a GOL está ampliando sua oferta de voos, acompanhando o avanço da vacinação pelo país e o crescimento da demanda por viagens aéreas. Em julho, a companhia prevê operar 417 voos diários, número que, em dias de maior movimento, chegará a 481 decolagens por dia. Esse cenário representa um acréscimo da oferta de voos de 55% em relação ao mês anterior.

De acordo com a GOL, serão 75 mil assentos oferecidos diariamente, distribuídos em 132 rotas da empresa. Entre os destaques, há o aumento da oferta de voos a destinos no Nordeste, como Porto Seguro, Ilhéus, Salvador, Maceió, Recife, Natal, Fortaleza e Jericoacoara. Além disso, novas rotas serão operadas, como de Salvador para Curitiba e Porto Alegre, de Fortaleza para Natal, Teresina e Juazeiro do Norte, e de João Pessoa para São Paulo (Congonhas).

Continua após a publicidade

Na região Norte, a companhia amplia a oferta mensal de assentos em mais de 80%, lançando novas ligações e aumentando a capacidade da malha. A partir de Manaus há novos voos para Rio Branco, Porto Velho e Boa Vista, além de mais partidas para Fortaleza, São Paulo, Belém e Brasília. A capital paraense recebe nova oferta para Macapá, Santarém, Fortaleza, São Paulo e Brasília. Ainda na região, Porto Velho e Rio Branco recebem adição de capacidade rumo à Brasília, enquanto no Tocantins há aumento de oferta em Araguaína, e a partir de Palmas, novos voos tanto para Brasília quanto para Salvador.

No Centro-Oeste, o destaque fica por conta do hub em Brasília, que ganhará reforço nos voos que partem da Capital Federal para 32 destinos. Em Goiânia, os clientes desfrutarão de aumento de voos para Salvador e São Paulo, enquanto em Campo Grande a GOL retoma os voos ao aeroporto de Congonhas, na capital paulista. Em Cuiabá há ampliação de oferta em Cuiabá e Sinop para São Paulo (Guarulhos).

No Sul do Brasil, a capacidade mensal de assentos é ampliada em mais de 50%: no Paraná, a cidade de Foz do Iguaçu receberá novos voos de São Paulo e do Rio de Janeiro, enquanto Curitiba ganha decolagens diretas de Salvador. Em Santa Catarina, as malhas de Florianópolis e Navegantes ganham reforço para o Rio de Janeiro (Galeão) e São Paulo (Congonhas) – na capital catarinense também há aumento de oferta para Brasília. O Rio Grande do Sul recebe mais voos em Caxias do Sul e em Porto Alegre. Na capital gaúcha, a GOL fortaleceu as ligações já existentes para o Sudeste e criou voos sem escalas para Salvador.

Por fim, no Sudeste, a GOL ampliou a oferta em 51%. No Rio de Janeiro (Galeão), a companhia lançará novas rotas para Campinas e São Paulo (Congonhas), além da ampliação de oferta para Belo Horizonte (Confins), Maceió, Natal, João Pessoa, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador. Na capital paulista, o hub no aeroporto de Guarulhos tem aumento de oferta para 40 dos 43 destinos servidos, como São Luís, Londrina, Campina Grande, Jericoacoara, Caldas Novas, Chapecó, Petrolina, entre outros, enquanto no aeroporto de Congonhas, na zona sul paulistana, a oferta da GOL cresce 94%, com destaque para novos voos diretos para as cidades de Fortaleza, Natal, Maceió, Recife, Porto Seguro e Campo Grande e reforço na tradicional ponte aérea Rio-São Paulo, chegando a 10 decolagens diárias em cada sentido.

Confins, por sua vez, terá a rota sazonal sem escalas a Porto Seguro retomada e ampliação da oferta para São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador. Em Vitória, a GOL reforça a presença na rota para o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Os bilhetes para o mês de julho já estão disponíveis e podem ser adquiridos no site https://www.voegol.com.br, via aplicativo da companhia, pela Central de Relacionamento (0300 115 2121), nas lojas GOL situadas nos aeroportos e nas agências de viagem.

“A malha aérea da alta temporada de inverno favorece os clientes com uma maior oferta de voos para todas as regiões do Brasil, encurtando distâncias entre pontos estratégicos e trazendo maior agilidade no transporte essencial de pessoas e cargas. Evidencia-se, ainda em julho, o fortalecimento da conectividade característica dos cinco hubs da companhia”, diz Rafael Araújo, diretor de malha aérea da GOL.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário