Leonardo converterá jatos Embraer para patrulha marítima

Guilherme Dotto

A Leonardo, multinacional especializada em aeroespacial, defesa e segurança, ganhou a licitação para converter 3 jatos Embraer Lineage 1000 em aeronaves de patrulha marítima para a marinha paquistanesa.

No contrato com o país, a marinha do Paquistão deverá incorporar mais dois bimotores da Embraer a sua frota, que ja é composta por uma unidade que já está no país.

Continua após a publicidade

Além disso, o projeto adiciona à aeronave os pacotes anti-submarino e de patrulha marítima, sendo nomeados como Sea Sultan na divisão do país.

Ao todo, a marinha paquistanesa deverá ter 10 aeronaves Sea Sultan em sua frota, que posteriormente substituirão os Lockheed P-3C Orion que hoje compõem sua frota.

Por fim, para suas manutenções, reparos e prevenções de suas novas aeronaves, um contrato com o Grupo Paramount, localizado na África do Sul, foi fechado.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta