Azul lidera índices de satisfação de clientes entre empresas aéreas nacionais e estrangeiras

Segundo dados do último Boletim de Monitoramento do portal consumidor.gov.br, a Azul Linhas Aéreas está liderando os índices de satisfação de clientes, detendo o menor índice de reclamações, o maior percentual de soluções para os problemas dos passageiros e em menor tempo do que suas concorrentes.

Em uma escala de notas de 1 a 5 atribuídas pelos próprios consumidores, a empresa atingiu 4,23 de satisfação, enquanto que a média de outras empresas nacionais do setor está em 3,47. A média de satisfação das empresas estrangeiras foi avaliada em 2,57.

Continua após a publicidade

“É gratificante ver que nossos esforços estão sendo sentidos pelos clientes. Nós vemos nossa área de atendimento como um grande alimentador de todo o negócio da Azul. É a partir da opinião e da necessidade do próprio cliente que entendemos quais os caminhos devemos seguir e as estratégias que precisamos adotar”, conta Marco Barbosa, diretor de Experiência do Cliente da Azul.

Segundo o relatório – referente ao primeiro trimestre de 2021 -, foram transportados, ao todo, 14.403.228 passageiros pelo Brasil por todas as companhias aéreas e registradas 22.645 reclamações no portal consumidor.gov.br, monitorado pela própria ANAC. Neste cenário, a Azul detém o menor número de reclamações por 100 mil clientes (70,38), índice que reflete metade da média nacional (143,25).

Além disso, 90,9% dos consumidores tiveram suas reclamações resolvidas, número também superior se comparado à média das outras companhias aéreas nacionais (81,34%), além das estrangeiras (65,69%). O Boletim do portal também mostrou que a Azul apresentou o menor tempo médio de resposta ao consumidor (4,03 dias), enquanto a média nacional de outras companhias do setor é maior (6,14) e, ainda mais acima, a das estrangeiras (9,53).

“Para que o atendimento seja humanizado e ágil, damos total autonomia aos nossos tripulantes para que eles resolvam os problemas dos clientes como se fossem eles mesmos os consumidores, sem seguir um script pronto. Isso é muito importante”, pontua Marco Barbosa.



Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário