Airbus desafiará liderança da Boeing no mercado de cargas ao lançar o A350F

Gabriel Benevides

A Airbus anunciou a adição de mais um novo produto para o seu portfólio de vendas, trata-se da versão cargueira do widebody A350, desafiando um mercado dominado tradicionalmente pela Boeing que, raramente se preocupou com algum concorrente, mas deverá rever os seus planos a partir de agora. 

Com a aprovação do conselho administrativo do fabricante europeu para o desenvolvimento da nova aeronave, o A350F está programado para entrar em serviço a partir de 2025. A nova aeronave terá como plataforma o A350-1000 e será capaz de transportar entre 100 a 109 toneladas, níveis próximos do seu concorrente direto, o 777-X da Boeing, projetado para transportar até 117 toneladas, mas que enfrenta sucessivos atrasos em seu programa de desenvolvimento.

Continua após a publicidade

Sem vender um avião cargueiro novo de fábrica desde 2015 com o A330F, a Airbus aposta também no mercado secundário de aeronaves cargueiras ao dar suporte e apoio no desenvolvimento na conversão de aeronaves de segunda mão por empresas parceiras, principalmente por conta de novas oportunidades por conta da alta demanda de cargas ocasionada pela pandemia do coronavírus, graças ao aumento nas vendas pelo e-commerce e de transporte de insumos médicos no mundo todo. 

Com a nova realidade,  além de novos aviões para suprir a demanda, há também a necessidade de renovação de frota dos grandes operadores de carga, já que boa parte dessas aeronaves estão com os seus ciclos operacionais perto do fim, travando um novo capítulo na acirrada disputa entre a Boeing e a Airbus. 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário