Azul estuda expansão das operações no Paraná

Com o avanço da vacinação pelo país e o progressivo crescimento da demanda por viagens aéreas, a Azul está planejando ampliar sua malha aérea no estado do Paraná. A partir do segundo semestre do ano, a companhia pretende voar para novas cidades paranaenses, além de reabrir bases que estavam sem receber voos por conta da pandemia.

Toledo, Guarapuava, Pato Branco e Ponta Grossa são cidades que estão no plano da Azul de retomada das operações. Umuarama, localizada no noroeste do estado, poderá receber voos com os ATR 72 da empresa já no mês de outubro. Entretanto, a Azul aguarda a realização de obras nos aeroportos locais para melhorar a operacionalidade dos voos.

Continua após a publicidade

De acordo com Vitor Silva, gerente de Planejamento de Malha da Azul, esses aeroportos paranaenses carecem de instalação de equipamentos para operações com visibilidade reduzida, além de instalação e homologação de PAPI (Precision Approach Path Indicator – indicador de trajetória de aproximação de precisão), viabilizando uma operação mais segura e reduzindo os índices de atrasos e/ou cancelamentos por meteorologia.

“Essas condições tornarão nossas operações nessas cidades mais regulares e a gente conta com as autoridades dessas cidades para implantarem essas melhorias. A demanda existe e nós estamos apenas aguardando esses ajustes para voltarmos com nossas operações e deixar o estado do Paraná ainda mais conectado para além dos cinco aeroportos que já operamos atualmente”, apontou Vitor.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário