Aeroporto de Congonhas receberá voos internacionais da aviação executiva em outubro, diz Infraero

O Aeroporto de Congonhas estará pronto para receber operações internacionais realizados por aeronaves da aviação executiva a partir do mês de outubro. Pelo menos é o que diz a Infraero, administradora do aeroporto paulista.

Segundo a empresa, o terminal estará pronto para receber esse tipo de operação após a conclusão de reforma e adequação de algumas áreas do aeroporto. Iniciados no começo em junho, os trabalhos seguem em ritmo acelerado e a previsão é de estarem concluídos no próximo de outubro. 

Continua após a publicidade

“A internacionalização da aviação executiva significa a retomada das operações internacionais em Congonhas, suspensas desde os anos 1980 e abre um amplo campo de negócios para a aviação geral no terminal aeroportuário central da capital paulista. Já neste ano, vamos proporcionar condições de acesso e deslocamento à altura das necessidades do setor empresarial e também das viagens de turismo a outros países”, afirma o superintendente da Infraero no aeroporto, João Márcio Jordão.

De acordo com a Infraero, o projeto do terminal internacional da aviação executiva prevê instalações para a Polícia Federal, com escritório e salas de inspeção, alfândega da Receita Federal (incluindo área de catering e depósito de bens apreendidos), Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com salas de atendimento, higienização e confinamento.

Além disso, outras melhorias, como instalações sanitárias, copa, lounge e acomodações requeridas para o conforto dos passageiros e o adequado desempenho das atividades também estão inclusas no projeto. Os investimentos são da ordem de 2,5 milhões de reais, oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC). 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta