Aerodata utilizará Praetor 600 da Embraer para missões de inspeção em voo

Foto: Embraer

A Embraer informou nesta semana que a empresa alemã Aerodata AG adquiriu um jato Praetor 600. Entretanto, a aeronave será convertida para atender missões relacionadas à inspeção em voo. A expectiva da fabricante brasileira é entregar a aeronave a partir do ano que vem, assim que os novos sistemas e equipamentos estiverem instalados.

Após a modificação, o avião será entregue e operado pelo Ministério de Terra, Infraestrutura e Transporte, Escritório Regional de Aviação de Seul, Centro de Inspeção de Voo na Coreia do Sul, que conduziu a licitação internacional para a aquisição e será o usuário final.

Continua após a publicidade

O contrato com a Aerodata também inclui treinamento para pilotos e mecânicos e um pacote de suporte inicial para o usuário final. A aeronave será equipada pela Embraer com alguns opcionais, tais como Head-Up displays (HUD), sistemas de comunicação de última geração, capacidade de operação sem papel e recursos adicionais de interior.

No Brasil, a Força Aérea Brasileira (FAB) já utiliza o Legacy 500 (avião antecessor ao Praetor 600) para esse tipo de missão. Através do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), o IU-50 monitora, avalia e analisa em voo, os sinais eletrônicos provenientes dos auxílios à navegação aérea. A equipe de inspeção é composta por seis militares: um piloto-inspetor (PI), um primeiro-piloto de inspeção em voo (1P), um operador de sistema de inspeção em voo (OSIV), dois operadores de sistema de posicionamento de aeronave (OSP) e um mecânico de voo (MEC).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta