Virgin Atlantic planeja operar 100% da frota até Outubro

Ao longo de 2020, a pandemia obrigou as companhias aéreas a reduzirem a quantidade de voos diários e o número de aeronaves operando. Devido à queda na demanda, essas empresas precisaram se readaptar à nova realidade.

Como consequência disso, diversas aeronaves tiveram suas aposentadorias antecipadas pelo alto custo de operação. Nesse sentido, aeronaves de grande porte como o Airbus A380 e Boeing 747 foram retiradas das frotas de diversas companhias aéreas.

Continua após a publicidade

Entretanto, com o avanço da vacinação no Reino Unido, as companhias aéreas começam a registrar uma crescente procura por voos. Dessa forma, e com a redução no número de casos, a Virgin Atlantic prevê reativar todas as aeronaves da frota até Outubro.

Esteja Informado: Clique Aqui e leia mais notícias de Aviação!

Atualmente, das 37 aeronaves da frota da Virgin, 11 estão estocadas aguardando o crescimento da demanda. Dentre essas, em sua grande maioria são os antigos Airbus A330, enquanto os mais eficientes Dreamliner e Airbus A350 cumprem as poucas rotas do momento.

“Só ficaremos satisfeitos quando todos os nossos aviões estiverem no céu e retornarmos com um maior número de pessoas, o que espero acontecer em outubro ou novembro deste ano.”, disse o CEO da Virgin Atlantic, Shai Weiss, durante evento virtual do World Aviation Festival.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta