Tarom Air coloca sua frota de jatos Airbus A318 à venda

Carinhosamente apelidado de “Baby Bus”, o menor jato feito pela Airbus vem se tornando cada vez mais raro. Voando pela primeira vez em 2002, o A318 foi um fracasso nas vendas no seu seguimento, com apenas 80 unidades produzidas.

Ao longo de duas décadas, o jato voou por apenas 8 companhias aéreas e alguns operadores privados, em configuração executiva. Atualmente, apenas duas empresas utilizam o modelo em voos comerciais: a francesa Air France e a Romena Tarom

Continua após a publicidade

Contado com quatro unidades do modelo, que possuem idade média de 13.9 anos, a companhia pretende se desfazer dos jatos, em um processo de renovação de frota. Os valores variam, a partir de $ 6,5 milhões de dólares.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação! 

Foto por Henri Coandă © via Airplane Pictures.

  • YR-ASA (SN 2931): US $ 6.518.617;
  • YR-ASB (SN 2955): US $ 6.527.075;
  • YR-ASC (SN 3220): US $ 6.859.032;
  • YR-ASD (SN 3225): US $ 6.868.546

Ademais, além dos Airbus A318, outras 10 aeronaves também foram listadas a venda, sendo: 4 Boeings 737-300, 4 Boeings 737-700 e outros 2 turboélices ATR 42-500.

Com a saída das 14 aeronaves, a frota da companhia aérea estatal consistirá em dois ATR 72-500, quatro ATR72-600, quatro Boeings 737-800 e, futuramente, cinco Boeings 737 MAX 8.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário