JetSMART dá início ao processo de certificação para operar voos domésticos no Peru

A low-cost chilena JetSMART apresentou de forma oficial à Direção Geral da Aeronáutica Civil (DGAC) do Peru a carta para solicitação de licenças de operação e certificação operacional, iniciando o processo para estabelecer-se como companhia aérea peruana, cumprindo todas as normas e requisitos de segurança operacional exigidos pelo governo daquele país.

Estuardo Ortiz, CEO da JetSMART, destacou: “Durante a pandemia continuamos buscando oportunidades para nosso crescimento e acreditamos que o mercado interno do Peru é uma delas. Já voamos desde 2017 para Lima, Arequipa e Trujillo a partir de Santiago, e é hora de iniciar o processo de nossa certificação como companhia aérea no Peru.”

Continua após a publicidade

Além da base no Chile, a companhia também possui uma subsidiária argentina. No ano passado, foi ventilada uma possível criação de filial no Brasil, porém a ideia não avançou. Até o momento, a JetSMART já transportou mais de 7 milhões de passageiros no Chile, bem como mais de 1 milhão de passageiros na Argentina, com grandes projeções de crescimento.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário