Com saída do Airbus A350, voos da LATAM Brasil contarão com Boeing 787 em breve

Nesta semana, a LATAM Brasil anunciou oficalmente, a retirada em definitivo das aeronaves Airbus A350-900 que possuía em sua frota. Ao todo, treze unidades passaram pela companhia em seus cinco anos de operação com o modelo.

Com a saída do A350, a LATAM Brasil passará a contar com uma frota somente de aeronaves da Boeing para voos de longa duração, sendo 767-300 e 777-300. Entretanto, a companhia brasileira poderá contar com os novidade em breve.

Continua após a publicidade

De acordo com sistemas da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a LATAM Brasil já protocolou exatamente um mês atrás, a inclusão de novo modelo de aeronave, o Boeing 787 Dreamliner.

Entretanto, a operação com os Dreanliners, acontecerão com base no programa de intercâmbio de aeronaves entre Brasil e Chile, que já foi realizado anteriormente. No passado, voos da filial brasileira para Miami e Nova York, eram efetuados pelos Boeing 767-300 da LATAM Chile.

Para isso, como trata-se de um voo da LATAM Brasil é necessário que o voo seja realizado por tripulação brasileira. Portanto, a expectativa é que essas aeronaves operem em voos partindo e chegando do Brasil com matrícula chilena, mas com pilotos e comissários já devidamente treinados e com carteira do Dreamliner.

Em outubro do ano passado, as agências reguladoras de ambos países, também oficializaram a possibilidade de intercâmbio de aeronaves para voos domésticos.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário