China Southern sinaliza para possível aposentadoria do Airbus A380

Foto por Michal Mendyk © via Jetphotos.

Os super jumbos acabaram se tornando figuras raras frente ao momento enfrentado atualmente. A pandemia foi capaz de deixar o A380 sem voar por muitas semanas, porém, gradativamente o gigante tem voltado aos céus.

Com isso, a única operadora do A380 no país mais populoso do mundo pode estar considerando sua retirada de operação. Operando um total de cinco unidades do modelo, a China Southern sinalizou que poderia deixar de operar o superjumbo por conta das incertezas relacionadas a recuperação do mercado de viagens internacionais.

Continua após a publicidade

“A maior aeronave da nossa frota, como o Airbus A380, ainda está sob nossa consideração sobre como podemos resolver esse problema”, disse o vice-presidente sênior da China Southern Airlines Guoxiang Wu durante o evento online Capa Live.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Além disso, o executivo comunicou que a companhia passará por uma reestruturação de frota, incluindo a retirada de aeronaves antigas e algumas aeronaves widebody.f

“O custo de operação do Airbus A380 é muito alto e, para atender a demanda futura pelas rotas internacionais, ainda não temos sinal de recuperação nos próximos anos”, acrescentou.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário