Veja as projeções da ASTA Linhas Aéreas para 2021

Foto: ASTA

Apesar de todas as dificuldades que o setor aéreo enfrentou em 2020 por causa da pandemia, a ASTA Linhas Aéreas, companhia regional com sede no Mato Grosso, tem boas perspectivas para 2021.

Assim como outras companhias, no ano passado a ASTA suspendeu temporariamente suas operações, retomando-as gradualmente a partir de junho, totalizando 12 cidades atendidas, sendo elas: Água Boa, Aripuanã, Canarana, Cuiabá, Juara, Juína, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Tangará da Serra, além de Lucas do Rio Verde e Sinop.

Continua após a publicidade

O CEO da ASTA, Adalberto Bogsan, acredita que neste ano a companhia retome as operações para outros destinos no estado. Além disso, o executivo destaca que a parceria com a VOEPASS e com a GOL poderá impulsionar a atuação da empresa não só no Mato Grosso, mas também em Goiás, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

“O momento é de retomada e nossa perspectiva é voltar a atender as cidades que já faziam parte dos nossos destinos até o final do ano. Pretendemos, ainda em 2021, expandir o atendimento a outras pequenas cidades, onde aviões de maior porte não podem operar devido ao tipo de pistas disponíveis, de 1.000 a 1.600 metros, com restrição de piso e infraestrutura aeroportuária. Com incentivos da ANAC e do governo, a expectativa é alavancar esse segmento nos próximos cinco anos”, pontua Adalberto.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário