FAB transporta usina de oxigênio para a Região Norte

A Força Aérea Brasileira (FAB) presta um grande serviço à sociedade, sendo ainda mais importante no último ano. Ao longo da pandemia, a logística de distribuição de vacinas e recursos pelo Brasil se tornou ainda mais desafiadora.

Nesse sentido, duas aeronaves da FAB transportaram entre sexta-feira (12) e domingo (14) 50 cilindros de oxigênio e uma usina geradora de oxigênio. Os voos, realizados pelo C-105 Amazonas e pelo C-130 Hércules, tiveram como destino as cidades de Rio Branco (RBR) e Monte Dourado (MEU).

Continua após a publicidade

O C-105 Amazonas decolou de Guarulhos (SP) carregado e pousou em Rio Branco (AC), às 4h30 (horário local). A carga de cilindros de oxigênio, doados pelo Ministério Público Estadual do Acre (MP-AC) e a empresa Rio Med, foi destinada ao atendimento de pacientes com COVID-19.

Esteja Informado: Clique Aqui e leia mais notícias de Aviação!

Por sua vez, o C-130 Hércules transportou uma usina geradora de oxigênio de 8 toneladas. A aeronave decolou do Rio de Janeiro (GIG) na sexta-feira (12), e antes de chegar ao Pará fez escala em Anápolis-GO para embarque de um gerador de duas toneladas e meia. Na sequência, o avião seguiu para a cidade de Monte Dourado (MEU) onde pousou no sábado (13) às 16h25.

O equipamento foi transportado para a Unidade de Pronto Atendimento, no município de Laranjal do Jari -AP. Há previsão de mais uma usina e um gerador de energia ser levado para um hospital da cidade de Oiapoque (AP).

O Comandante do C-130, Capitão Aviador Guilherme Guimarães Neto, destacou a importância da missão: “Mais uma missão da Operação COVID cumprida com sucesso, para nós é uma honra ajudar a população brasileira”.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta