Air China encomenda 18 Airbus A320neo

A pandemia corroeu a demanda aérea nos quatro cantos do globo. À medida que mais restrições ao fluxo de pessoas são impostas, menor é o número de clientes voando. Ao longo de 2020 acompanhamos bem essa nova dinâmica, onde companhias aéreas constantemente mudam suas programações para destinos específicos.

Entretanto, alguns mercados apresentam resultados melhores do que outros no tocante à esse retorno da demanda. Nesse sentido, o mercado doméstico chinês se recuperou bem ao longo do ano passado, apresentando indicadores sólidos de crescimento.

Continua após a publicidade

Dessa forma, e aproveitando o excedente de aeronaves no mercado, a Air China encomendou 18 unidades do Airbus A320neo. Os aviões, que serão entregues até 2022, são unidades fabricadas e não entregues para outras companhias aéreas.

Esteja Informado: Clique Aqui e leia mais notícias de Aviação!

Atualmente, a Air China já opera mais de 40 unidades do modelo, incluindo o Airbus A321neo. Com as 18 adições, a companhia aérea chegará a 60 aeronaves da família A320neo, mais do que o dobro de unidades do Boeing 737 MAX.

Essa é a primeira encomenda de A320neo para uma empresa chinesa desde 2019. No país, a Airbus tem uma grande vantagem sobre a Boeing: A Agência de Aviação Civil Chinesa, denominada CAAC, ainda não liberou o retorno das operações com o Boeing 737 MAX ao expressar sérias preocupações com o modelo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário