WestJet pode demitir mais funcionários

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

As consequências da pandemia poderão ser sentidas ainda por mais tempo. Ao longo do último ano, a maioria esmagadora das companhias cortou o número de funcionários, operações e aeronaves.

Nesse sentido, a companhia aérea canadense WestJet anunciou que talvez precise demitir mais funcionários diante das restrições canadenses. Ainda sem ter certeza se chegará à um novo acordo com os sindicatos, a empresa começou a enviar o aviso prévio dos funcionários possivelmente afetados.

Continua após a publicidade

Esteja Informado: clique aqui e leia mais notícias de Aviação!

“O memorando atual irá expirar em 31 de março, e continuamos esperançosos de que a ALPA e a WestJet possam chegar a um acordo para mitigar qualquer impacto futuro em nosso grupo pilotos como resultado da pandemia. Enquanto este trabalho continua, para estar em conformidade contratual, avisos prévios serão enviados aos pilotos afetados.” disse a WestJet ao Simple Flying.

Além disso, as empresas negociam um empréstimo com o governo canadense. Essa ajuda, caso seja aprovada, ajudaria as companhias aéreas do Canadá a manter os empregos enquanto as restrições à circulação de pessoas vigoram.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta