TUI fly é a primeira a retomar voos com o MAX na Europa

Após quase dois anos sem realizar voos regulares comerciais, hoje (17) o Boeing 737 MAX finalmente voltou a voar no continente europeu. Desde a suspenção em Março/2019, o novo jato da Boeing estava proibido de voar devido aos dois acidentes consecutivos.

Além disso, no fim de Janeiro a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), equivalente à ANAC no Brasil, liberou o MAX para retornar às operações. Além das agências europeia e brasileira, a FAA (Estados Unidos), a Transport Canada e a CAA (Reino Unido) também já deram luz verde para os voo com a aeronave.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, a pioneira no retorno foi a Gol Linhas Aéreas, seguida pela Aeroméxico. Recentemente, American Airlines e United também voltaram a realizar voos regulares com o modelo norte-americano.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de Aviação!

Dessa forma, hoje a TUI fly Belgium foi a primeira companhia aérea a voar comercialmente com o MAX em espaço aéreo Europeu. Portanto, o voo TB 1011 decolou de Bruxelas (BRU) para Málaga (AGP), operado pela aeronave registrada como OO-MAX. (Clique Aqui para ver o replay do voo via Flight Radar).

“Após as recentes aprovações da EASA e da Direção Geral dos Transportes Aéreos (DGTA) para o retorno do MAX aos céus europeus, estamos nos preparando para retomar os voos com os nossos aeronaves.”, disse Sarah Saucin, porta-voz da TUI Bélgica.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta