Qantas Link voará com aeronaves Embraer 190

Guilherme Dotto

Após acordo firmado com a Alliance Airlines, a QantasLink, subsidiária da Qantas fundada em 2002 começará a voar neste ano os jatos regionais Embraer 190.

Voando inicialmente com 3 exemplares do bimotor de fabricação brasileira, a companhia com sede em Sydney utilizará os aeroportos de Darwin (DRW) e Adelaide (ADL) como base dos jatos.

Continua após a publicidade

Em um acordo inicial com três anos de duração, a QantasLink poderá operar até 14 aeronaves E190, que só entrarão em operação caso o mercado de viagens esteja em alta. O mesmo será considerado para a data em que os três primeiros jatos entrarão na malha da companhia.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

No final de 2020, a Alliance Airlines adquiriu 27 aeronaves da Embraer operadas anteriormente pela American Airlines e Copa Airlines, porém somente 3 exemplares foram entregues a companhia com sede em Brisbane, Austrália.

“O E190 é um jato regional de médio porte perfeito para rotas como essas no norte da Austrália. Tem um alcance maior do que o nosso 717 e tem cerca de metade do tamanho do nosso 737, o que significa que a economia funciona bem em voos mais longos entre cidades e vilas fora dos cinco principais centros populacionais.”

contou John Gissing, CEO da QantasLink

A subsidiária regional da Qantas possui 93 aeronaves em sua frota, sendo 8 Airbus A320, 20 Boeings 717, 48 Bombardier Dash 8 e 17 Fokker 100.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta