Pilotos da JetBlue são contrários a parceria com American Airlines

Na última terça-feira, 16 de fevereiro, os pilotos da JetBlue rejeitaram a parceria entre a companhia e a American Airlines. A decisão atrasará ligeiramente a colaboração entre as empresas, já que os pilotos da JetBlue querem garantir que seus empregos estejam seguros em meio à cooperação.

“A segurança do trabalho, especialmente durante os pontos turbulentos em nosso setor, é a principal preocupação de todo piloto. Treinamos durante anos e passamos noites longe de casa para ser piloto. Para que qualquer acordo prossiga, a administração da JetBlue deve fornecer garantias aceitáveis ​​de que nossos trabalhos são seguros e valorizados por muitos anos.”

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Os pilotos da JetBlue, companhia do também fundador da Azul, David Neeleman, representados pela Air Line Pilots Association, Int’l (ALPA), rejeitaram um acordo provisório que mudaria a parceria da JetBlue com a American Airlines ainda mais.

O Departamento de Transporte dos Estados Unidos (DOT), no início de janeiro deste ano, já havia aprovado a parceria American-JetBlue. A cooperação exige que as duas operadoras abram mão de algumas de suas posições de slots, ao mesmo tempo que limita algumas de suas comunicações.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta