Ethiopian Airlines voltará a utilizar o Boeing 737 MAX

A Ethiopan Airlines, companhia etíope com sede em Addis Abeba, anunciou que retomará as operações com seus jatos 737 MAX a partir de julho e manterá o pedido existente perante a fabricante Boeing. 

“Após uma análise extensa, decidimos continuar com o MAX”, disse o CEO Tewolde Gebremariam em um evento online. “Não faria sentido econômico para nós continuar com outro tipo desta classe, porque também operamos 20 Boeing 737NGs”, acrescentou.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Apesar disso, a Ethiopian Airlines sofreu a queda de um de seus 737 MAXs em março de 2019, no qual 157 vidas foram vitimadas com a tragédia. Após o ocorrido, a aeronave foi proibida de voar em todo o mundo.

Ademais, após atualizações nos sistemas da aeronave, após quase dois anos, o modelo está retornando aos céus. padrão agora está voando novamente em algumas partes do mundo. A primeira companhia do mundo a retomar os voos com o MAX foi a brasileira GOL, conforme noticiado pelo Contato Radar.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta