Czech Airlines poderá demitir 430 funcionários

Guilherme Dotto
Foto: Matěj Šarina © Planespotters.net

Na última terça-feira (23), a CSA Czech Airlines, companhia aérea nacional da República Tcheca, enviou um aviso ao Ministério do Trabalho dizendo sobre a demissão de todos os seus 430 funcionários.

“Posso confirmar que recebemos um aviso de demissões em massa.”

anunciou Tereza Löffelmanová, presidente do Sindicato de Tripulações de Aeronaves

Endividada, a companhia com sede em Praga aguarda auxílio estatal, que desta vez não deve ser concedido. Em maio de 2020, a empresa rejeitou a ajuda estatal, quando anunciou que tinha condições de transferir a propriedade para a República Tcheca.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Já em delicada situação, a Czech Airlines enfrentará outro problema nos próximos dias, sua moratória protetora de proteção contra credores expirará.

Até o presente momento, a companhia aérea checa não planeja encerrar as operações.

“A CSA não interromperá as operações em nenhum caso; o processo de reestruturação com o objetivo de resgatar a CSA continua. A possibilidade de demissões em massa, que a CSA anunciou ao Ministério do Trabalho, é uma das etapas das medidas de reestruturação.”

disse o porta-voz da Czech Airlines, Vladimíra Dufková

Atualmente, a Czech Airlines possui 7 aeronaves em sua frota, sendo 5 ATR 72, 1 Airbus A319 e 1 Airbus A320.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta