Companhias Aéreas dos EUA recebem U$ 14 bi

Em meio à crise que a pandemia gerou no setor, milhares de empregos já foram perdidos no mundo todo. Nos Estados Unidos não foi diferente, onde as principais companhias aéreas demitiram funcionários, cortaram custos e cancelaram voos.

Nesse sentido, como forma de amenizar os prejuízos causados no setor, o Governo dos Estados Unidos aprovou um novo pacote de ajuda às companhias aéreas. Esse montante faz parte do mega pacote de 1,9 trilhão de dólares, que serão injetados nos diversos setores da economia para retomada das atividades.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de Aviação!

Dessa forma, as companhias aéreas norte-americanas receberão 14 bilhões de dólares, assim como um bilhão voltado aos contratantes. Estima-se que o terceiro auxílio estatal salvará cerca de 30.000 empregos na aviação até setembro de 2021.

Além disso, houveram rumores de que os passageiros domésticos deveriam realizar testes PCR antes de embarcar, o que seria um desafio logístico para as empresas. Em referência à isso, o CDC divulgou: “Neste momento, o CDC não está recomendando o teste obrigatório no ponto de partida para viagens domésticas.”

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário