British Airways se despede de seu único Airbus A318

Como consequência das restrições decorrentes da pandemia, mais um capítulo da história da British Airways foi encerrado no ano de 2020. O voo entre o aeroporto central de Londres (LCY) e Nova York (JFK), deixou de ser operado, levando a aposentadoria do único Airbus A318 da frota.

A aeronave em questão, de matrícula G-EUNA, foi configurado com apenas 32 assentos em classe executiva para operar unicamente nessa rota. O jato, foi enviado ao Aeroporto Enschede Twenthe, na Holanda, onde deverá ficar estocado a espera de um novo operador.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Após alguns meses parado no Aeroporto de Madrid, o G-EUNA decolou no último dia 17 de fevereiro rumo aos Países Baixos, operando o voo BA 9279, sua última operação na companhia inglesa British Airways.

A rota que era operada pelo jato, é considerada uma das mais lucrativas no mundo da aviação, levando em consideração o contexto pré-pandemia. Para atrair ainda mais o público corporativo, a British Airways operava uma rota regular entre o aeroporto mais central de Londres e Nova York.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta