WestJet voltará a operar voos com o Boeing 737 MAX

Guilherme Dotto
Foto: Boeing

Nesta quarta-feira (06), a WestJet, companhia aérea canadense, anunciou que deverá retomar suas operações com o Boeing 737 MAX, aguardando somente a liberação da Transport Canada, departamento do governo do país responsável pela política, regulamentos e serviços do transporte aéreo, rodoviário, ferroviário e marítimo.

Até o momento, sem a autorização do órgão responsável, a companhia está anunciando com antecedência sobre seu plano de voltar a aeronave aos voos, e já com data programada.

Continua após a publicidade

O voo de retomada do Boeing 737 MAX com passageiros está previsto para o dia 21 de janeiro, onde partirá de Calgary (YYC) às 08h00 e deverá pousar em Toronto (YYZ) 13h51, cumprindo 3 horas e 51 minutos de voo.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

O jato da fabricante americana já é mostrado no voo WS658, que está disponível no site da companhia canadense.

Em seu primeiro mês de operação, a WestJet tem planos de realizar apenas três viagens de ida e volta com o MAX por semana, ligando Toronto e Calgary.

Como as outras companhias aéreas ao redor do mundo, a WestJet também oferecerá flexibilidade aos passageiros que não desejarem voar no 737 MAX. Como a rota que o jato será utilizado possui seis conexões diárias, haverão muitos voos para que sejam feitas as trocas necessárias.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta