Qatar Airways aposentará metade da sua frota de aviões Airbus A380

Os super jumbos acabaram se tornando figuras raras frente ao momento enfrentado atualmente. A pandemia foi capaz de deixar o A380 sem voar por muitas semanas, porém, gradativamente o gigante tem voltado aos céus.

Conforme dito pelo CEO da Qatar Airways, Akbar Al Backer, o executivo afirmou que metade da frota atual do superjumbo não voltará a voar pela companhia, que conta 10 unidades com idade média de 5.5 anos.

Continua após a publicidade

Em seus últimos pronunciamentos relacionados ao A380, o CEO informou que enquanto não houver um crescimento em níveis semelhantes aos anteriores a pandemia, o Airbus A380 não voltarão a voar pela empresa.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Além disso, Al Backer ainda classificou como insensatos os operadores que estão utilizando aeronave antes do momento tratado como oportuno. Para que o quadrijato possa ser considerado voltar a voar pela Qatar, a taxa de crescimento deverá se igualar a do ano passado, algo que deve levar algum tempo.

Atualmente, a frota de longo curso da companhia é resumida em aeronaves Airbus A330 e A350, além dos Boeings 777 e 787. Ademais, a Qatar conta com 238 aviões, dos quais 199 estão em serviço ativo, de acordo com dados do PlaneSpotters.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe um comentário