Manaus recebe cilindros de oxigênio transportados pela Força Aérea

Guilherme Dotto

Na noite desta quinta-feira (14), dois C-130 Hércules partiram da Base Aérea de São Paulo (BASP) rumo ao estado do Amazonas, transportando mais de 18 toneladas em cilindros de oxigênio líquido. Essa carga será utilizada nos hospitais que prestam atendimento aos pacientes infectados pelo vírus.

As aeronaves presentes na operação fazem parte do Esquadrão Gordo, Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT)

Continua após a publicidade

A primeira das aeronaves decolou na madrugada desta quinta, 01h00 (horário de Brasília), chegando em Manaus (ALA 8), às 06h30. A segunda aeronave decolou às 20h27, e tem previsão de chegada em Manaus às 02h00 (horário de Brasília), de sexta-feira (15).

Além disso, a FAB tem atuado na Operação COVID-19, realizando missões de transporte em todo o território nacional. Recentemente, foram intensificadas as operações para a cidade de Manaus, que sofre com as consequências da segunda onda da pandemia.

Ademais, o transporte aéreo exige uma logística complexa e que, durante o período de pandemia, envolve o trabalho coordenado de diversos órgãos. Os aviões da Força Aérea Brasileira são de fundamental importância nesse momento, entregando as cargas preciosas em um menor tempo.

O Tenente Aviador Lucas Piccinini, destacou o orgulho de participar de tal missão: “É uma missão muito importante para todos os brasileiros, principalmente para a população de Manaus. Estamos aqui, prontamente, atendendo à sociedade brasileira.”

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta