Emirates suspende voos para a África do Sul

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Além dos prejuízos econômicos, a pandemia dificultou o planejamento à médio e longo prazo das companhias aéreas. Constantes alterações nas restrições de viagens e fronteiras, fazem com que os voos sejam alterados frequentemente.

Dessa forma, com o avanço da segunda onda da pandemia na África do Sul, a Emirates optou por suspender temporariamente os voos para o país. Apesar de justificar a suspensão como “motivos operacionais”, a medida será aplicada ao mesmo tempo em que vários países restringem a entrada de pessoas que lá estiveram nos últimos 14 dias.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

A lista de países que baniram voos para a África do Sul inclui: Israel, Alemanha, Arábia Saudita, Vietnã, Dinamarca, Turquia, Reino Unido e Hong Kong.

A suspensão entra em vigor a partir de amanhã (16), e deve valer durante 12 dias, até o próximo dia 28. Atualmente, a Emirates opera seis voos semanais entre Dubai (DXB) e a Cidade do Cabo (CPT). Além disso, existe um voo diário para Joanesburgo (JNB), ambos operados pelo Boeing 777.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta