Air Belgium inicia aposentadoria dos A340

Mais uma companhia aérea deve dar adeus aos seus quadrijatos. A alta eficiência das aeronaves bimotoras atuais fez com que a atratividade desse tipo de avião reduzisse. O elevado consumo de combustível, frente aos motores mais modernos, fez com que as empresas repensassem a importância dessas aeronaves na frota.

Nesse sentido, a companhia belga Air Belgium iniciou o processo de aposentadoria de seus quatro Airbus A340-300. As aeronaves foram adquiridas com a intenção de realizar voos para Hong Kong (HKG), o que durou apenas alguns poucos meses.

Continua após a publicidade

Após isso, foram arrendadas por outras companhias aéreas para a realização de voos pontuais. Empresas como LOT, Air France e British Airways utilizaram os A340 para cumprir rotas pontuais. Por último, a Surinam Airways utilizou uma unidade para operar voos entre Paramaribo (PBM) e Amsterdã (AMS), enquanto seu Boeing 777 não estava liberado para iniciar os voos.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

A primeira unidade, registrada como OO-ABE, já deixou a frota da empresa. Outro A340, OO-ABD, foi levado em Outubro para Tarbes (LDE), onde permanece estocado sem previsão de retorno. Ademais, em anúncio a empresa declarou:

“A Air Belgium decidiu cancelar o registro e não mais integrar esta aeronave em sua frota ativa. A frota evoluirá no final do inverno, dependendo da recuperação prevista para o verão de 2021.”

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta