Grupo Itapemirim pretende quitar plano de recuperação judicial em 2021

Com um plano de quitação em pleno vigor, a Itapemirim anuncia que protocolou no início deste mês de dezembro, a petição para finalizar os débitos com os credores e garantir o cumprimento antecipado de sua recuperação judicial. O grupo previa o pagamento das dívidas até 2027.

As assembleias acontecem em São Paulo, sendo a primeira convocação dia 05/02/2021 e a segunda, 12/02/2021. O documento, apresentado à 1ª Vara de falências e recuperações judiciais do foro central da comarca da capital – Estado de São Paulo, comprova as condições para fiel cumprimento do plano de recuperação judicial por parte da empresa.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

“Mesmo em um cenário de pandemia, batemos metas e recordes de vendas, ampliamos nossa frota de ônibus e atendemos, prontamente, a todos os requisitos para encerrar a recuperação judicial”, explica Sidnei Piva, presidente executivo do Grupo. 

Piva ressalta que além das melhorias de fluxo de caixa, a empresa expandiu o escopo de atuação no mercado com o lançamento da ITA Transportes Aéreos, ratificando a saúde financeira do grupo. 

Com isso, o lançamento da companhia aérea ainda prevê investimentos de mais de U$ 500 milhões, em uma integração inédita entre modais de transporte no país, com geração de mais de 1500 empregos em 18 estados do território nacional já no primeiro semestre de 2021.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta