Executivos da GOL embarcam no Boeing 737 MAX para comprovar sua segurança

Guilherme Dotto

Na manhã desta quinta-feira (03), os executivos da GOL Linhas Aéreas e suas famílias embarcaram no Boeing 737 MAX de matrícula PR-XMA, que decolou do Aeroporto de Congonhas e teve o Aeroporto Internacional Tancredo Neves em Confins como destino final.

Com o objetivo de comprovar a segurança operacional do MAX, o presidente da GOL, Paulo Kakinoff, o presidente do conselho administrativo da empresa, Constantino Jr, e alguns executivos estiveram no voo G3 9020.

Continua após a publicidade

Na noite de ontem (02), o Aeroporto de Congonhas em São Paulo recebeu a operação do 737 MAX pela primeira vez após ser recertificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Desde sua recertificação no Brasil, a GOL decidiu realizar mais voos que o recomendado para garantir a máxima segurança no retorno das operações, com isso, diversas operações de testes estão sendo realizados partindo de Confins, onde estão reunidos os jatos.

Todas as aeronaves estão passando pelas adaptações exigidas pela ANAC, e para isso, necessitam da realização dos voos testes antes de entrar em operação regular. A expectativa, conforme informado pela GOL, é que o retorno aos voos regulares aconteçam nas próximas semanas.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta