Estados Unidos está mais próximo de aprovar pacote de ajuda ao setor aéreo

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

A pandemia mudou a forma de viver durante 2020. A aviação foi especialmente impactada, uma vez que com o isolamento social, apenas viagens essenciais puderam ser realizadas durante boa parte do ano. Com isso, o movimento de passageiros despencou a partir do segundo trimestre de 2020.

Em decorrência disso, o Senado dos Estados Unidos deve realizar em breve votação para aprovar um pacote de ajuda ao setor aéreo no país. Se integralmente autorizado, contemplará mais de U$ 900 bi para diversos setores da economia norte-americana.

Continua após a publicidade

Esse valor será gradualmente investido ao longo de 2021. Ademais, inicialmente U$ 15 bi serão direcionados diretamente para as companhias aéreas. Como contrapartida, os 32 mil funcionários demitidos ao longo de 2020 deverão ser recontratados pelas empresas.

Além disso, outros U$ 2 bi serão destinados para os aeroportos e concessionárias. Somado à isso, U$ 1 bi será destinado às empresas ligadas à outros setores da aviação.

Essas medidas serão de fundamental importância para auxiliar a retomada do setor aéreo ao longo de 2021. Atualmente, o mercado norte-americano recuperou apenas 40% do movimento registrado em 2019.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta