Emirates registra perdas de 3,8 bilhões de dólares

A principal companhia aérea do mundo árabe, Emirates, divulgou seu balanço financeiro dos seis primeiros meses do ano fiscal 2020/2021. De acordo com o documento, a companhia registrou prejuízo de US$ 3,8 bilhões (aproximadamente R$ 20,55 bi).

Em forma de comparação, no mesmo período do ano passado, a Emirates registrava lucro de US$ 320 milhões. Os resultados negativos ainda são resultado da queda de viagens durante a pandemia. Assim como a quantidade de aeronaves ainda estocadas. A Emirates possui 114 Airbus A380, entretanto, a maior parte está ainda parada. Neste período, a companhia devolveu três aeronaves, sendo uma do superjumbo.

Continua após a publicidade

No Brasil, a companhia segue operando apenas para São Paulo (GRU) com três voos semanais partindo de Dubai (DXB) com os Boeing 777-300ER no lugar do A380. Em janeiro, será oferecido o quarto voo semanal entre as duas capitais, porém sem previsão de retorno do superjumbo ao Brasil.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta