Diretor da Ethiopian Airlines recebe título de Membro Honorário da FAB

O diretor da Ethiopian Airlines na América do Sul, Girum Abebe, foi condecorado com o título de “Membro Honorário da Força Aérea Brasileira”. A homenagem foi concedida para companhia aérea africana em razão aos esforços que foram permitidos para apoiar o repatriamento de centenas de brasileiros durante a pandemia e por facilitar a logística dos suprimentos médicos necessários no cenário de crise.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Continua após a publicidade

Durante o período mais crítico gerado pela pandemia, a companhia aérea etíope, foi a responsável por trazer centenas de brasileiros que ficaram isolados em países da Ásia e Africa de volta ao Brasil.

A Ethiopian portanto, chegou a realizar diversos voos de repatriamento e cargueiros com insumos hospitalares para diversas localidades brasileiras, pousando pela primeira vez em cidades como Porto Alegre (POA), Belo Horizonte (CNF) e Fortaleza (FOR). Além dos voos regulares e extras para Campinas (VCP) e São Paulo (GRU).

As operações foram realizadas com Boeing 777 (versões 200F e 300), 787-8 Dreamliner e com o Airbus A350-900 que pousou pela primeira vez no Brasil, com repatriados procedentes da Ásia.

A Ethiopian Airlines mantém três frequências semanais para o Brasil. Os voos partem do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em direção a Adis Abeba, aos domingos, terças e quintas-feiras. No sentido inverso, os voos serão operados às segundas, quartas-feiras e sábados.

No próximo dia 18 de novembro, serão retomados os voos para Buenos Aires (EZE) na Argentina com duas frequências semanais com escala em São Paulo (GRU). No site da companhia, possui as orientações sobre os requisitos para entrada no país vizinho.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta