Confira os detalhes da frota do Mercado Livre obtidos exclusivamente pelo Aerocast

Um dos assuntos mais comentados na aviação, comércio e economia brasileira nesta semana, foi a entrada do Mercado Livre no modal aéreo. Entretanto, muito diferente do que foi noticiado, a principal plataforma e-commerce da América Latina, não terá companhia aérea própria.

Como foi noticiado pelo Contato Radar durante a semana, o Mercado Livre estará utilizando um dos Boeing 737-400F da Sideral Linhas Aéreas. Havia comentários, que mais um jato estaria sendo preparado para o e-commerce.

Continua após a publicidade

Gabriel Toledano, do canal parceiro Aerocast, obteve detalhes exclusivos do Mercado Livre sobre o modal aéreo implementado. Primeiramente, é preciso entender que a plataforma digital é uma empresa multinacional da Argentina, com filiais em diversos países latinoamericanos. O Brasil e o México, são um dos principais, e foram eles os escolhidos para uma expansão logística.

No Brasil, o Mercado Livre tinha como principal forma de entregas os Correios, que é estatal. Com a má qualidade prestada pela empresa, de conhecimento geral da população, foi pensado em uma distribuição logística própria, rápida e eficiente. Fazendo assim, diminuindo a relevância da estatal na distribuição dos produtos comercializados pela plataforma.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

No México, através de uma empresa, Meli Air, o Mercado Libre (como é nos países de língua espanhola), começou a realizar a parte de distribuição aérea com aviões. Este modelo, portanto, estará sendo implementado a partir de agora no Brasil. A diferença, que o Mercado Livre, estará utilizando aviões de companhias aéreas brasileiras, e não será, uma no Brasil.

De acordo com as informações obtidas exclusivamente pelo Aerocast, a Meli Air contará com quatro companhias no Brasil: a Sideral, Total Cargo, LATAM Cargo (ABSA) e a Azul Cargo. Somente a Sideral em um primeiro momento, contará com um Boeing 737 com a pintura completa do Mercado Livre.

A Total Cargo e LATAM Cargo (ABSA), não deverão preparar seus aviões com pinturas alusivas ao Mercado Livre. Já a Azul Cargo, que agora conta com os primeiros Embraer E195 cargueiros do mundo, poderá adesivar alguns E-jets, mas ainda não está confirmado pela companhia.

Utilize o cupom exclusivo CONTATORADAR e tenha desconto em pedidos acima de R$50 na loja de aviação Aerocast! Clique aqui para acessar a loja.

Mais detalhes foram explicados pelo Gabriel Toledano, e você já pode conferir no vídeo no Aerocast logo abaixo:

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta