Boeing 737 MAX pode receber autorização para voar nos próximos dias

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Após dois acidentes, o Boeing 737 MAX parou de voar comercialmente em Março de 2019. A partir dessa data, a fabricante norte-americana iniciou uma força tarefa para fazer as modificações necessárias para trazer a aeronave de volta aos céus.

Dessa forma, e após diversos voos de teste, a aeronave pode estar próxima de ser certificada novamente para voar. Durante os últimos meses, importantes agências de aviação civil como FAA e EASA, participaram ativamente do processo de retorno do MAX.

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

A agência norte-americana FAA, equivalente à ANAC no Brasil, deve dar um parecer no próximo dia 18/11 sobre o groundeamento da aeronave nos Estados Unidos. Esse deve ser o primeiro passo para a liberação dos voos com o modelo no restante do mundo, que utilizam a agência norte-americana como referência.

“O processo será finalizado nos próximos dias, assim que a agência estiver satisfeita com a Boeing. A FAA continua dialogando com as autoridades da aviação em todo o mundo, enquanto elas se preparam para reiterar nossa decisão de certificação.” disse um representante da agência americana à Reuters.

Caso o processo aconteça conforme esperado, pode ser o início do fim da crise na Boeing. Desde o groundeamento do MAX no começo de 2019, a quantidade de encomendas canceladas e aviões estocados aguardando entrega não para de crescer.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta