Aerolineas Argentinas expande malha internacional

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Durante a pandemia, por uma determinação governamental, a principal companhia aérea argentina suspendeu todas as operações regulares de passageiros. Ao longo de vários meses, a frota da empresa permaneceu em solo aguardando a ‘turbulência’ passar.

Entretanto, com a recente liberação das fronteiras daquele país, a Aerolineas Argentinas já planeja alçar voos mais altos nos próximos meses. Na última semana, a empresa anunciou a retomada de alguns destinos brasileiros, além do reforço nas operações em São Paulo (GRU) e Rio de Janeiro (GIG).

Continua após a publicidade

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Somado à isso, a Aerolineas deve aumentar o ritmo de expanção internacional já a partir de Dezembro. Dessa forma, nos primeiros meses de 2021 serão 19 destinos internacionais na América do Norte, América do Sul, Caribe e Europa.

Portanto, os destinos planejados são:

  • Brasil: São Paulo (GRU), Rio de Janeiro (GIG), Curitiba (CWB), Florianópolis (FLN), Salvador (SSA) e Porto Alegre (POA);
  • América do Sul: Santiago do Chile (SCL), Bogotá (BOG), Lima (LIM), Assunção (ASU), Santa Cruz de La Sierra (VVI), Montevidéu (MVD) e Punta del Este (PDP);
  • América do Norte e Caribe: Miami (MIA), Nova York (JFK), Cancun (CUN) e Punta Cana (PUJ);
  • Europa: Roma (FCO) e Madrid (MAD);

“Com estes voos, temos a oportunidade de relançar alguns objetivos que tínhamos no início da minha gestão, relacionados com o fortalecimento da nossa malha internacional. É importante para a empresa, e para o país, dar um passo à frente para restabelecer a nossa normalidade.” disse o CEO da Aerolineas, Pablo Ceriani.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta