Governo sul-africano concede financiamento à South African Airways

Guilherme Dotto

Acatando o prometido, o governo da África do Sul forneceu à South African Airways (SAA) US$ 650 milhões, ou na moeda do país, 10,5 bilhões de rands, valor necessário para o plano de reformulação da companhia aérea.

Na quarta-feira (28), o Tesouro Nacional da África do Sul apresentou ao Parlamento a alegação de política orçamentária de médio prazo, que seguindo o documento, foi aprovado o resgate. Foi definido também uma injeção financeira adicional de 6,5 bilhões de rand, equivalente a $394 milhões para acabar com as dívidas e juros da SAA.

Continua após a publicidade

No dia 29 de setembro de 2020, todas as operações da estatal SAA foram suspensas, depois que tentativas de reestruturação da transportadora ocorridas não ocorreram bem, devido à oposição do governo e dos sindicatos.

Para a colocar em vigor o plano de ressuscitação da companhia, o governo da África do Sul ainda precisa de mais de US $ 591 milhões, para quitar o reembolso de passagens e pagamento de pacotes de demissão para 4.000 funcionários. A South African entrou com pedido de liquidação e recuperação judicial em dezembro de 2019, após 8 anos de perdas contínuas.

Para mais notícias da aviação acesse o Contato Radar (CLICANDO AQUI).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta