Fim de uma era: Tupolev TU-154 realiza último voo comercial na Rússia

Foto por Marina Lystseva ©

Sendo considerado uma das aeronaves de maior sucesso da indústria soviética, o clássico Tupolev TU-154 se despediu hoje, 28, por completo da aviação comercial transportando passageiros.

O clássico trijato foi projetado na década 60, porém, mesmo após o fim da União Soviética em 1991, continuou a operar em diversas companhias aéreas, principalmente na Rússia.

Continua após a publicidade

Sendo a última companhia a operar o modelo comercialmente, a russa Alrosa aposentou hoje o jato de sua frota. O TU-154 de matrícula RA-85757 decolou do Aeroporto Mirny (MJZ) em Yakutia com 141 passageiros a bordo, para um voo de três horas com destino ao Aeroporto de Novosibirsk-Tolmachevo (OVB).

Com isso, a operação marcou o fim de uma carreira de quase 50 anos do clássico trijato projetado ainda na era soviética. A aeronave visava concorrer com o americano Boeing 727 e com o britânico Hawker-Siddeley Trident.

Toda uma época da fabricação aeronáutica nacional vai junto com este lendário avião. Obrigado TU-154!

Comentou a Alrosa em sua conta na rede social VK.
Foto por Marina Lystseva ©

O Tupolev TU-154 é considerado uma verdadeira lenda da aviação soviética, sendo a maior aeronave doméstica de passageiros desenvolvida pela Tupolev Design Bureau e produzida de 1970 a 2013. Nesse período, foram construídos 1026 aeronaves. 

Até o final da década de 2000, o TU-154 permaneceu como a principal aeronave em rotas de médio alcance na Rússia. Apesar da aposentadoria, cerca de 20 aeronaves ainda continuam voando na aviação militar.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta