Emirates abre hub cargueiro exclusivo para o transporte de vacinas

Últimos posts por Raphael Magalhães (exibir todos)

Hoje existe uma grande demanda mundial por uma vacina que solucione a pandemia que vivemos. Consequentemente, a partir do momento que os grandes laboratórios iniciarem a distribuição em larga escala desse produto, a logística de transporte deve estar bem preparada para realizar as viagens de maneira eficiente.

Nesse sentido, a Emirates já iniciou os preparativos para realizar esse tipo de serviço quando necessário. Dessa forma, para atender ao grande volume esperado, a companhia aérea irá reabrir o Dubai World Central (DWC), um aeroporto exclusivamente cargueiro.

Continua após a publicidade

Com isso, a empresa árabe passa a oferecer o primeiro Hub cargueiro exclusivo para distribuição mundial de vacinas. As facilidades tem mais de 4.000 metros quadrados de área para armazenamento farmacêutico, com temperatura controlada e certificação GDP.

Além disso, estima-se que a estrutura pode receber até 10 milhões de frascos da vacina, mantendo uma temperatura de 2 a 8°C. Esse fator é de crucial importância, uma vez que Dubai é localizada no meio do deserto e pode facilmente ultrapassar 40°C no verão.

Para auxiliar no transporte em altas temperaturas, a Emirates possui as chamadas “Cool Dollys”, caixas refrigeradas capaz de manter a temperatura da carga. Com isso, qualquer tipo de produto perecível é transportado e armazenado de maneira mais adequada.

“Dubai está bem posicionada para servir como centro de distribuição de vacinas. Temos infraestrutura, logística e uma localização geográfica que coloca os mercados que representam mais de dois terços da população mundial em um raio de 8 horas de voo.” disse o Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, CEO da Emirates.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta