Aeroportos preveem alta movimentação no feriado de outubro

Mesmo com a pandemia, a aviação que foi um dos setores mais afetados, vem demonstrando uma boa recuperação. As administradoras aeroportuárias estão prevendo um alto fluxo de passageiros nos próximos dias por conta do feriado.

De acordo com a Infraero, estão previstos entre hoje (09) e terça-feira (13), cerca de 390 mil passageiros entre embarques e desembarques. O maior fluxo será nesta sexta-feira, com quase 109 mil. No período, também estão previstos quase 3200 pousos e decolagens nos aeroportos da rede estatal.

Continua após a publicidade

Entretanto, comparado ao mesmo período do ano passado, representa apenas um pouco mais que um terço de todo o movimento. Foram registrados cerca de 940 mil passageiros com 7500 pousos e decolagens.

A BH Airport, que administra o aeroporto de Confins, estima que passarão pelo principal terminal mineiro, 65 mil passageiros. Em quantidade de pousos e decolagens, são estimados 520 até terça-feira (13).

“Durante o feriado, estão previstos ocorrer em torno de 60 voos extras ligando Belo Horizonte aos aeroportos de Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Campinas (SP), Porto Seguro (BA), Ilhéus (BA), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Santos Dumont (RJ), Galeão (RJ) e Brasília (DF). Esses voos representam 11% do total dos voos programados para o período.

A BH Airport recomenda aos passageiros que fiquem atentos aos horários de embarque, que utilizem máscara e cheguem ao aeroporto com antecedência, principalmente nos dias de maior fluxo, para que todo o processo até a chegada à aeronave seja realizado com a máxima proteção contra o coronavírus.” Informou a concessionária em nota.

“O RIOgaleão espera uma movimentação de 49 mil passageiros no Aeroporto Internacional Tom Jobim, durante o feriado da Padroeira do Brasil. O número representa um crescimento de 27% no número de passageiros que passarão pelo terminal, em relação ao último feriado prolongado, de 7 de setembro. No período que vai de 9 a 13 de outubro, serão 349 voos, o que representa um acréscimo de 33% no comparativo com o período de recesso pelo feriado de Proclamação da Independência.”

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta