A330-900 poderá decolar com mais 9 toneladas em seu peso máximo

Guilherme Dotto

Em resposta às necessidades de seus operadores, a EASA (European Union Aviation Safety Agency) anunciou estar aumentando o peso máximo de decolagem do Airbus A330-900neo de 242 toneladas para 251 toneladas.

A atualização melhora o alcance e a economia da aeronave, fazendo com que os seus operadores poderão escolher entre mais seis toneladas de carga útil ou aumentar o alcance em mais 650 milhas náuticas.

Continua após a publicidade

A Airbus afirmou também que com este aumento no peso máximo de decolagem amplia-se também os recursos de suas aeronaves A330neo, diferenciando-os do restante da família do A330, onde o seu peso máximo de decolagem varia de 200 a 251 toneladas.

Para a aprovação da EASA, a Airbus realizou mudanças estruturais na aeronave, porém terão efeito neutro, devido ao seu peso e seu trem de pouso.

As mudanças no nariz do avião e em seu trem de pouso principal também foram confirmadas pela Airbus, fazendo com que o prolongamento anterior de 10 anos se torne 12 anos, economizando mais na manutenção.

A Corsair, companhia aérea francesa será a primeira operadora do A330-900neo com a nova atualização. Com mais de 50 aeronaves A330neo já entregues por todo o mundo, os novos modelos da família A330 já possuem mais de 300 encomendas.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta