Singapore cortará milhares de empregos

De acordo com a Reuters, uma das maiores agências de notícias do mundo, a Singapore Airlines estará demitindo 4,3 mil funcionários nas próximas semanas.

A companhia, que já suspendeu o treinamento de novos tripulantes, entende que o momento atual é de reduzir gastos.

Continua após a publicidade

Além disso, a Singapore está operando com apenas 8% da capacidade e espera atingir a metade da capacidade de operação apenas no fim de março do ano que vem.

“As próximas semanas serão das mais difíceis da história do grupo Singapore, quando alguns de nossos amigos e colegas deixarão a empresa”, disse Goh Choon Phong, CEO da companhia.

“Essa decisão é o resultado de uma crise global sem precedentes que envolveu a indústria aérea”, concluiu o executivo.

Antes da pandemia, a empresa operava para mais de 90 destinos internacionais e sua frota é composta por aeronaves widebody, como o Airbus A350 e o Boeing 787.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta