Qatar Airways fecha acordo com Airbus e faz duras críticas a postura da Boeing

A Qatar Airways chegou a um acordo para o adiamento das entregas de aeronaves da fabricante europeia Airbus.

Com a norte-americana Boeing, as discussões estão em andamento, cujo o resultado poderá determinar se a Qatar continuará como cliente no futuro.

Com as circunstâncias extraordinárias dos últimos meses, a Qatar Airways se encontra na posição de maior companhia aérea internacional no mundo.

No entanto, nem mesmo uma companhia aérea com esse título deseja aceitar novas aeronaves em sua frota neste momento de crédito mundial por conta da pandemia.

O presidente-executivo do Catar, Akbar Al Baker, informou que a companhia aérea está concluindo suas negociações com a fabricante europeia Airbus, com a possibilidade de antecipar as entregas novamente, caso a demanda por viagens aéreas cresça mais rápido do que o esperado. 

Atualmente, a empresa tem pedido para 27 Airbus A350-1000 e 50 Airbus A321neo. Para CEO da Qatar, Sr. Al Baker, a flexibilidade imposta pela Airbus para enfrentamento das dificuldades contratuais é muito importante neste momento. No entanto, o CEO reiterou sua postura linha-dura em relação a outros fabricantes que desejam manter a Qatar Airways como cliente no futuro.

“No que diz respeito à Boeing, ainda estamos em negociações com eles, mas independentemente do que for decidido, um fabricante de aeronaves deve agradar os clientes em tempos difíceis. Quem não fizer o possível para agradar seus clientes neste momento difícil nunca mais nos verão. Estamos todos no mesmo barco, por isso temos que ajudar uns aos outros”, disse o executivo.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta