LATAM terá que trocar slots na rota entre Guarulhos e Santiago

Cumprindo uma determinação imposta pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica de Brasil (CADE) e Tribunal de Defensa de la Libre Competencia Antitruste do Chile (TDLC) a LATAM terá que ceder quatro slots na rota entre São Paulo (GRU) e Santiago do Chile (SCL).

Para isso, a companhia está oferecendo a troca de slots no maior aeroporto do país. Porém, de acordo com a decisão, a troca deverá seguir os critérios abaixo:

  • A LATAM somente trocará slots em GRU com empresas interessadas em operar voos diretos na rota São Paulo-Santiago-São Paulo, e que não possuam nenhum vínculo corporativo ou outro acordo que permitirá à LATAM influenciá-los em qualquer forma relevante.
  • As empresas interessadas na permuta deverão solicitar por escrito à LATAM, indicando sua programação de preferência.
  • Os slots que a LATAM entregar em virtude da permuta podem ter a diferença de no máximo 30 minutos do horário indicado pelas empresas interessadas em suas respectivas aplicações.
  • Os slots trocados só podem ser utilizados para operar a rota Santiago-São Paulo-Santiago para voos diretos.
  • A troca não pode envolver qualquer remuneração ou compensação em favor da LATAM.
Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta